Como criar boas apresentações para sua empresa?

Como criar boas apresentações para sua empresa?

O que faz uma apresentação inspiradora se diferenciar de uma que coloca todos para dormir?

Criar apresentações faz parte do trabalho de várias áreas profissionais. A comunicação de uma boa apresentação, pode servir para inspirar, influenciar, alertar, informar e até mesmo vender. Para criar uma ótima apresentação, é preciso prestar atenção tanto nos recursos visuais, que irão causar uma boa impressão do que você está apresentando, quanto na comunicação que será utilizada, pois é importante que você emissor, seja entendido pelo receptor que observará o que você mostrará.

O Power Point é a ferramenta universal para apresentações. Imagine quantas apresentações Power Point são realizadas no mundo, por dia. Agora reflita: quantas delas você já presenciou, que foram entediantes?

Na era tecnológica em que vivemos, as mídias digitais estão à nosso favor na hora de criar nossos slides e planejar nossa apresentação, mas também, ficamos mais impacientes e desejamos mais rapidez nas coisas. Por isso, é essencial saber como criar algo de sucesso que cause impacto e inspire quem irá ver sua apresentação.

 

Existem 3 tópicos importantes para se pensar ao criar uma apresentação ideal:

 

Texto

Ser estratégico e pesquisar. Essas são as atitudes básicas que é preciso ter na hora de construir o texto de sua apresentação. Previamente, é preciso entender que: muita informação escrita gera desinteresse. Seja um editor impiedoso. Saiba cortar o que realmente não é relevante. Crie slides sugestivos ao invés de descritivos ou óbvios. Estimule a imaginação e reflexão do público em poucas palavras, afinal, você já vai expor oralmente tudo o que quer passar. Esta é uma forma de manter a atenção e ganhar a cumplicidade.

Atualmente, as “Fake News” podem ser um problema e uma grande armadilha para quem recebe e passa informações. Analise! Não use dados antigos ou sem sentido. Faça o trabalho duro e analise! Transforme os dados em algo significativo e saiba introduzi-los onde realmente combine com o assunto falado. Uma dica: Utilize citações de personalidades respeitadas. Elas darão mais crédito às suas propostas e ajudam na compreensão!

A quantidade de slides também precisa ser levada em consideração. Inúmeros slides com pouco conteúdo é um grande erro, assim como 5 slides com excesso de informação. Saiba dosar!

 

Atenção:

– Para a letra dos slides. No mínimo, tamanho 14 pt. Se o espaço e a plateia for bem maior, considere um tamanho 30 pt;

– Evite cores fortes nos fundos e nas letras para não cansar a vista;

– Evite cores claras para não desaparecerem na hora da apresentação;

– Um fundo preto com letra branca pode ser muito elegante.

– Não use fontes serrilhadas e não use mais do que dois estilos de texto (como negrito e itálico, por exemplo) por slide (e só um em uma única palavra);

– Dê preferências às fontes básicas que podem ser usadas para qualquer coisa. Em caso de dúvida, utilize a Arial ou Times New Roman.

Dicas:

– A Google Fonts reúne fontes legais do Google. É totalmente grátis! Clique aqui e confira.

– A Recite transforma qualquer frase em pôster tipográfico personalizado! Clique aqui e confira.

 

Visual

Não economize nos elementos visuais. Uma imagem vale mais do que mil palavras, não é mesmo? Existem inúmeras fontes de recursos visuais que você pode usar para dar vida à sua apresentação. Ilustrações e gráficos são ótimos recursos e dão uma dinâmica diferente para o trabalho, mas lembre-se: a utilização exagerada destes elementos também pode ser um erro, assim como muita informação escrita!

Não utilize imagens com baixa nitidez. Qualidade é fundamental para os elementos visuais. Além disso, é preciso saber interpretar onde encaixar cada imagem ou elemento gráfico no seu texto e analisar se realmente vale a pena. Colocá-lo ali, faz sentido? Eles poderão se tornar uma distração para o público? Eles realmente transmitem o que você quer dizer?

Evite templates poluídos com logotipos e informações repetitivas. Nos gráficos, aposte em algo mais simples e compacto, evitando muitas informações e muitos números. Saiba que, espaço vazio é algo poderoso nos slides. Os vídeos podem ser uma opção interessante em sua apresentação, mas devem curtos, diretos e tão interessantes quanto todo o resto.

Para quem você mostrará esta apresentação? É importante entender o perfil de seu público na hora de construir seus slides e planejar sua comunicação. Uma dica importante é não aborrecer com visuais infantis. Invista tempo em aprender a criar um ótimo design que combine com seu público-alvo.

Dicas:

– O iStock é uma excelente fonte de imagens e o custo não é abusivo. Clique aqui e confira.

– O Pixabay é gratuito e também oferece ótimas opções de imagem. Clique aqui e confira.

– O Compfight é um banco de imagens do Flickr – em alta e gratuitas pra usar em apresentações. Clique aqui e confira.

Noun Project é um banco de ícones para usar em apresentações. Clique aqui e confira.

– O KeepVid é um conversor de vídeo online. É só colar a URL do YouTube ou Vimeo e ele baixa o vídeo pra você colocar na apresentação. Clique aqui e confira.

Comunicação

O modo como você irá expor sua apresentação para o público é fundamental. Qualquer erro, pode fazer as pessoas se distraírem e se perguntarem se deixaram o gás ligado ou o que terão para o jantar!

Antes de qualquer coisa, planeje sua apresentação. Saiba o que você falará no início, meio e fim. Além de planejar, pesquise! Assim como na hora de produzir seus slides, busque informações sobre as pessoas que estarão em sua palestra para saber como se comunicar! São executivos, mulheres, operários, estudantes? Têm perfil questionador, quieto ou impaciente? Ter conhecimento sobre as pessoas que irão conferir o seu trabalho, pode ajudá-lo a programar melhor o que dizer, como dizer, etc. Às vezes, aquilo que você estava planejando, pode não ser tão produtivo para o público que você vai se comunicar!

Como planejar?

A regra número para uma apresentação é: NÃO LEIA SEUS SLIDES! Steve Jobs era famoso por liderar suas próprias demonstrações, ele queria essa responsabilidade e conseguia prender a atenção de quem o estava assistindo. Uma das lições que o fundador da Apple transmite é: Ninguém quer um apresentador que simplesmente leia slides, por melhor que seja o assunto.

Não repita todas as informações dos slides dando às costas ao público, pois, fazendo isso, todos irão, inevitavelmente, ler junto com você, e se eles estão lendo o que você está dizendo, qual é o sentido de você estar lá?

Você não está entregando um documento. Está realizando uma apresentação.

Steve Jobs, fundador da Apple

Um bom truque é manter um ponto principal por cada slide. Ele servirá como ponto de partida e será a base e o significado para tudo que você irá dizer naquele momento. Isso te ajuda a desenvolver uma linha de raciocínio e faz com o que o público te acompanhe do jeito certo. Lembre-se: a apresentação é sua. Portanto, você tem total conhecimento sobre as informações que serão passadas. Seja espontâneo, diga o que você sabe de uma forma, acima de tudo, simples, clara e respeitosa.

O início de uma apresentação é, com certeza, o momento mais importante. Ali é preciso cativar e prender a atenção do público para que ele possa continuar atento e interessado ao longo dela. Que tal contar uma história? As histórias são muito mais interessantes do que os fatos, porque as histórias nos divertem. Contar histórias mantém a atenção e ajuda o público entender e lembrar o que foi dito muito tempo depois. Mas e se você fizer uma pergunta? Uma pergunta quebra seu ritmo de apresentação regular e ajuda a marcar o que você diz como importante. Mais do que isso, fazer uma pergunta, mesmo que seja retórica, gera uma reflexão no público, que buscará por respostas e pensará em exemplos próprios para aquilo que você está abordando.

Você é bem-humorado e tem facilidade em fazer as pessoas rirem? Use isso a seu favor! Humor faz o mundo girar e o mesmo vale para o mundo dos negócios. Nada melhor do que uma apresentação alegre e agradável, certo?

De qualquer forma, interaja com a plateia. Este fator pode ser o caminho para diferenciar sua apresentação em relação às outras. Caso haja muitas interrupções, peça que os participantes guardem seus questionamentos para o final. Organize o processo de perguntas. Saber como lidar com as interrupções ou até mesmo críticas durante a apresentação, é fundamental.

E o principal: Deixe a timidez de lado. Caso isso seja uma grande questão, faça exercícios que podem ajudar com o nervosismo. Um boa dica caso tenha problemas para falar em público, é fazer sua apresentação para uma única pessoa de confiança antes do dia oficial.

Tem alguma dica legal para apresentações? Compartilhe com a gente!

No Comments

Post A Comment