A Avenida Paulista é o verdadeiro cenário da mobilidade

A Avenida Paulista é o verdadeiro cenário da mobilidade

5 motivos provam que a bike já é parte da Avenida Paulista!

A Avenida Paulista é definitivamente um dos locais mais famosos da cidade! Parada obrigatória no roteiro dos turistas e badalada pelos paulistanos, a região é considerada um dos grandes polos econômicos do país e estampa o cartão postal da cidade.

Nela é possível visitar museus e centros culturais, encontrar um parque em meio a grandes arranhas-céus, conferir lançamentos em livrarias, curtir o happy hour em um de seus diversos bares, aproveitar a noite em casas noturnas, assistir a espetáculos teatrais e sessões de cinema dos mais variados estilos de produção, fazer compras… ufa! Tudo isso em um só lugar! ( Clique aqui e veja também, 10 motivos para amar a Avenida Paulista)

No dia 28/06/2015, aconteceu a abertura oficial da ciclovia da Avenida Paulista, porém, antes mesmo desta data, já era possível observar turistas, paulistanos e trabalhadores do local, circulando com suas magrelas e ansiando por uma alterativa saudável, econômica e sustentável para se locomover.

Atualmente, várias iniciativas e empreendimentos que visam a mobilidade aproveitam o local para disponibilizar experiências com a bike, seja para cultura, lazer ou oportunidade de se locomover.

Listamos 5 motivos que provam como a Avenida Paulista respira mobilidade em todos os seus espaços:

1 – A ciclovia da Paulista é um marco na história da cidade

Em uma manhã de sábado de 2002, ciclistas se reuniram pela primeira vez na avenida, na primeira edição do evento conhecido como “Bicicletada”, com o objetivo de percorrer as ruas e exigir mais investimentos para bicicletas e uma solução alternativa para a questão do transporte.

Em junho de 2015, a ciclovia foi inaugurada em clima de festa, com muitas bicicletas na pista e milhares de pessoas, incluindo uma grande quantidade de crianças participando de atividades, e se tornou simbólica, pois, no passado, o local já havia registrado mortes de ciclistas na via e, além disso, após a inauguração, o ex-prefeito Fernando Haddad iniciou o plano de ampliar a malha cicloviária para 400 km em São Paulo.

Foto: Guia da Semana

 

2 – A Praça do Ciclista é na Avenida Paulista!

Um dos principais pontos de encontro dos ciclistas de São Paulo está na própria Avenida Paulista, a Praça do Ciclista – lei sancionada em 2007. Precisa dizer algo mais?

Foto: Revista Galileu

 

3 – O Programa “Ruas Abertas”

Com o programa “Ruas Abertas”, atualmente, a região é fechada para carros aos domingos como uma opção de lazer da capital, onde centenas de skatistas, cadeirantes, patinadores, ciclistas e pedestres podem aproveitar tranquilamente o espaço, que recebe atividades diferenciadas e de todos os tipos!.

Foto: G1

 

4 – Palco de ideias inovadoras sobre o tema

É fato que não há como ter um sentimento de tédio dentro da Avenida Paulista. Com as inúmeras opções de lazer, o local também é palco de atividades inovadoras que utilizam a magrela como instrumento para o lazer, para a facilidade ou para o desenvolvimento de algo muito maior.

Um exemplo disso, é o Bike Tour SP, um passeio gratuito que percorre roteiros da capital com grupos de até dez pessoas com bicicletas, acompanhadas por dois monitores e um equipamento de áudio acoplado no capacete que informa dados e curiosidades dos pontos culturais visitados.

Um dos roteiros dos passeios, que são realizados aos finais de semana, é a Paulista, onde também realizam a atividade de ensinar quem ainda não sabe andar de bike. A iniciativa é acessível e permitida para todas as idades, pedindo apenas de 2kg de alimentos não perecíveis por participante (clique aqui e saiba mais).

Além desta e muitas outras atividades pela região, também existem os serviços de compartilhamentos de bicicleta, como o Bike Itaú e a Yellow.

 

5 – Um verdadeiro exemplo para quem está pensando em usar a magrela

Não há nada que promova mais o uso de bicicletas na cidade do que cada vez mais pessoas usando bicicletas. Pode parecer óbvio, mas não é.

Uma pessoa usando uma bicicleta no espaço público e no próprio trânsito, atrai os olhares e a percepção de quem está em volta, alimentando a própria mobilidade por bicicletas e uma nova relação com a cidade à partir do exemplo.

A Avenida Paulista é uma propaganda espontânea e genuína da mobilidade. Basta observar, em qualquer horário, homens, mulheres, crianças, idosos, empresários, garis, policiais… todos circulando de bicicleta. Na hora do rush, são estes os sortudos do momento.

 

Lembrou de mais algum? Conte para nós se você utiliza a bike na Avenida Paulista e sua experiência com esta alternativa que está transformando as cidades!

No Comments

Post A Comment